Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

Vejo-te mais logo.

Novembro 20, 2017

Ricardo Correia

Apresentação1.png

 

 

 

 

 

 

 

Tudo num segundo mudou

A esperança que sentia

Na vida que desmoronou.

Na verdade que se perdia!

A chama da saudade entoou

E a iluminada tristeza ardia.

E tudo sucumbiu e consumou

A plenitude da alma escura

Que se via agora dura,

De tão agreste e tão crua

Da hora penosa e tépida,

Que alguém se separou.

Dizer adeus fere o vazio

Sem querer saber se o sonho

De não restar nada é frio,

E se perdeu na partida.

Se o horizonte me chamar

Para além do meu escolher

Devo aceitar sem pensar

Naqueles que vou perder

Porque o fado assim o diz

Mentiras que devo acreditar

Nos astros que designam

O amanhã o meu acordar

Vou sarar em vão os ganhos

De tudo o que abandonei

A riqueza pessoal surgiu

O ouro do amor ruiu eu sei

Mas de tudo além me espera

Uma penosa sina cega

Que já mais deserdei

Não por mim pelo ego

Ganância turva não perdoei

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado Mariana. Fico feliz por proporcionar mome...

  • mariana

    Li as primeiras cinco palavras e já me comecei a r...

  • Mamã Gansa

    Muito bom. Fartei-me de rir.

  • Ricardo Correia

    Por acaso não. É Carneiro ou Carneirona como costu...

  • mariana

    Meu Deus adorei a história (perdão fada, mas até ...