Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

Invasão de privacidade

Novembro 27, 2018

Ricardo Correia

d. afonso.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Ema está a estudar para a ficha de avaliação de estudo do meio, que vai ter brevemente.

 

E está com uma neura desgraçada. Diria mesmo que está prestes a atirar o livro pela janela fora. Um mau humor que não lembra nem ao Diabo! 

 

Chega ao pé de mim furibunda, e a bater com o livro aberto nos joelhos.

 

Ema - pai... Eu tenho mesmo que saber isto? 😦

Eu - isto o quê! 

Ema - olha... Que o não sei quantos casou com a D. Teresa... Bolas! 😩

Eu - acho que sim, filha.

Ema - Então... Vocês estão sempre a dizer para não me meter na vida dos outros, agora obrigam-me a saber quem é que andou metido com quem...😡

Eu - mas isso faz parte da história... História de Portugal.

Ema - mas o que é que me interessa que o Henriques casou com a Teresa e o Roberto... 🤪

Eu - Raimundo... - corrijo. 😊

Ema - Raimundo, pronto, com a Unrraca... Que raio de nomes. - E continua o monólogo com irritação... - já parece aquele programa da SIC dos casados...

Este casa com este e aquele com o outro... E vivem feliiiiiizzzzzes para sempre! Ahhh! 😖

Aljubarrota que palavrão!

Outubro 16, 2018

Ricardo Correia

ciba.JPG

A Ema chegou a casa toda entusiasmada com um recado para dar.

Mas, como é natural nela, o recado veio entre dentes e assim meio baralhado.

Cheia de ansiedade para dizer tudo, mas sem dizer nada. Estão a ver o estilo.

Eu também, confesso, tenho aquele gostinho especial por lhe baralhar o cérebro um bocadinho. O que não havia qualquer necessidade, visto ela conseguir se baralhar o suficiente a ela própria. Fruto do défice de atenção que ela tem, que não a deixa conseguir se concentrar direito.

 

Ema - Pai. - chamou a minha atenção.

Eu - Diz.

Ema - A professora disse que estava a pensar em fazermos um passeio.

Eu - Ah sim! Vão passear ao parque? - olhei para ela e brinquei com a frase - E andar de baloiço?

Ema - Oh pai! Não. Não é isso. Uma visita ou qualquer coisa assim.

Eu -  Uma visita de estudo, queres tu dizer.

Ema - Isso. Uma visita de estudo...

Eu - Quando?

Ema - Àh! Não sei. Acho que era para Dezembro ou coisa assim.

Eu - Está bem. A onde? Ela já disse?

Ema - Ela disse. Acho que era numa batalha. 🤔

Eu - Vais ao mosteiro da Batalha. - Tentei adivinhar eu.

Ema - Não. Não era isso. Acho que tinha haver com uma guerra qualquer.

Eu - Já vais para a tropa, filha! Ainda és nova para ir para a guerra! 😀

Ema - Ai. És um chato! 😳

Eu - Então, tu não me dizes as coisa corretas, e eu tenho de adivinhar. Pensa lá um bocadito no que ela te disse, e tenta me transmitir a mensagem corretamente.

Ema - Então. Era assim...🙄 - fica meio pensativa e começa - Como estamos a estudar história, ela começou por dizer que era giro irmos ver algo que tivesse haver com isso. Vamos fazer uma vista de estudo à batalha...aaaaa.... bla bla bla ...não sei das quantas....😄

Eu - 🤨Tu nã existes! 🙂Será que ela não estava a falar do centro de interpretação da Batalha. Que é sobre a batalha de aljubarrota?

Ema - Batalha do quê! 😲 Do arrota! 

Eu - Aljubarrota. - Corrijo 😃

Ema - Sim. Se calhar era isso! Sim sim batalha do arrota. 😊

Eu - Ó mulher não é arrota, é al-ju-ba-rro-ta. Percebeste? 😄

Ema - SIM. 😃 Já percebi. - dispara  - Albarrota! 🤭

Eu - Ok. - respiro fundo -  Mais uma vez, agora mais devagarinho. Al---ju---ba---rro---ta! Capice?

Ema - Sim. Percebi. Já tinha percebido antes. Albarrajota! 😁

Eu - Sério, desisto. 🤯 A desléxia é tramada até a falar, bolas. Depois escrevo-te num papel para leres. 🙂

 

Fundação Batalha de Aljubarrota

 

As côdeas do pão uma obra prima.

Julho 31, 2018

Ricardo Correia

Não percebo esta aversão dos miúdos, pelas côdeas do pão! 😐

 

IMG_20180729_175240.jpg

Em três gerações é tudo farinha do mesmo saco, e todos eles mais ou menos pelas mesmas idades, começam a deixar ficar a côdea na mesa como algo asqueroso, repugnante. Ou então não... A interpretação é outra! 🤔

 

A côdea do pão deve ser vista, como algo tão valioso, intocável, que até dá pena comer. É como uma escultura épica, uma criação "fornal", uma obra prima entre padeiro e forno. 😯

 

A Beatriz, a certa altura, pediu-me para dobrar a fatia do pão de forma ao meio. Até à pouco tempo ela comia tudo e pedia sempre mais.

 

Agora, não sei o que lhe deu que começou a comer o pão dobrado ao meio, mas só o miolo. Resultado, deixou a côdea, de modo que quando a fatia voltou ao sítio a côdea estava intacta, como uma peça de arte que não se pode estragar. Uhou! Divinal! Um donut disfarçado de pão! 😮

 

Mas... Há sempre um mas, não é! 😉 A Ema como já é muito crescida, uma mini senhora 😁, costuma comer torrada à café. Ai tão grande que nós estamos. 😀

 

IMG_20180731_083039.jpg

 Então a Beatriz, como é normal, quer imitar a irmã. Portanto descobrimos a pólvora! Ah pois é! Desta forma acabou-se as obras primas de deixar as côdeas. Aqui fica a solução para este problema. É só servir torradas à café. Oh yeah!

 

IMG_20180731_093631.jpg

Foi pena, só ter sido descoberto, ao fim do terceiro elemento, mas mais vale tarde que nunca. 😀

 

 

Conjugando verbos

Junho 11, 2018

Ricardo Correia

Estava eu esparramado no sofá quando entra a Ema de fininho na sala. Miro pelo canto do olho desconfiado, ao vê-la encaminhar-se para a minha beira.

 

Eu - então filha, já estudas-te tudo?
Ema - sim... mas já estou cansada.
Eu - vais ter ficha de português não é?
Ema - é... Olha até já sei dizer os verbos todos!
Eu - então diz lá um.
Ema - está bem. Vou dizer... Hum... Do verbo estar. Blá blá blá... - começa ela a cantar. - agora és tu papá. Diz tu.
Eu - Acabado em ar? 🙄
Ema - sim, como o que eu disse. 🙂
Eu - ok, vou então dizer um acabado em ar que eu gosto muito.
Ema - então vá.
Eu - cá vai.

 

Eu - ar
Tu - ares
Ele - ar
Nós - aremos
Vós - areis
Eles - arejam 😄

 

Ema - 🤭 papá! Isso não vale. Não é assim. Diz outro, vá lá.
Eu - está bem, pronto! Agora é a sério. Verbo esbardalhar.

 

Eu - esbardalho
Tu - esbardalhas
Ele - esbardalha
Nós - esbardalhamos
Vós - esbardalhais
Eles - esbardalham-se 😂

 

Ema - 😆🤣

cartoons_1981_verbo.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Golo do Marcelo

Abril 25, 2018

Ricardo Correia

champions.jpg

É hora de bola ao jantar, Bayern vs Real Madrid e entretanto o Real perde por 1-0.


Enquanto víamos o jogo, as miúdas também alinham no programa até porque jogo grande é sempre bom, o Real empata o jogo, e eu mais entusiástico grito golo.

 

Eu - Golo! Marcelo...
Ema - Marcelo! O presidente? 🙄
Eu - Não filha! Há mais Marias na terra. E não me parece que o presidente jogue à bola. 😀
Ema - olha, mas passeia muito e tira muitas selfies. 😄
Eu - pois isso é verdade! 😉 A esta hora está ele também a gritar golo... Do Marcelo. 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Comentários recentes