Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

Ó tia dá bolinho! O pão por Deus!

Novembro 01, 2017

Ricardo Correia

candy1.jpg

O ataque está pronto.  A criançada já saiu à rua para o tradicional "Ó tia dá bolinho", "Bolinhos e bolinhós", ou "pão por Deus" dependendo das zonas do país. Mas o que é comum é que a rebelião está organizada e portanto preparem-se que não vai haver campainha que não seja tocada.

 

O som estridente do "triiiiiiiimmmmmmm" vai ficar a zoar-nos nos ouvidos durante semanas, senão meses a fio, as portas serão arrombadas em loucura pelo assalto ao castelo de obter o tão desejado açúcar. 

E nós pais devemos ser masoquistas que incentivamos e entramos no jogo com um sorriso de orelha a orelha, mas mais tarde... ui mais tarde, aquele mesmo açúcar... vai lhes servir de uma dose extra de adrenalina, uma droga invisível que bate duma maneira na criançada, meu Deus... os monstros que criámos, e não vai haver ninguém que os pare!  É saltos, pulos, correrias desenfreadas, gritarias e risadas sem quê nem para quê. Que o Senhor nos proteja! 

 

Quem também aqui à tempos andou nesta vida de pedir o "bolinho" foi o nosso conhecido José Sócrates, que andou a pedir à porta da Lena Construções e ao BES (Chamado agora de novo banco, embora não entenda o porquê de "novo" se na realidade continua velho e pobre!) E conseguiu uns trocos de 24 milhões. Por sua vez Ricardo Salgado (BES) andou a pedir "Bolinho" ao Grupo Lena e saiu de lá com uns míseros 14 milhões. 

 

121031-F-DT999-002.JPG

É para verem como isto de andar a pedir "Bolinho", no fundo é um esquema de economia paralela a que o estado devia estar atento e começar a cobrar IVA, e os putos têm de começar a passar faturas porque o país assim não se aguenta. 

É trafico à descarada nas barbas das autoridades e a entidade competente nestas matéria, a ASAE está a falhar à larga escala. Já para não falar da secção de narcóticos que deixa esta nova droga, chamada açúcar, circular de porta em porta, e de mão em mão sem ser taxada. Se até nos supermercados os produtos com esta droga já são taxados com imposto especial não percebo como isto pode acontecer sem ninguém dar por isso.

 

 

Os putos estão de tal maneiras treinados para efetuarem nesta época a transação do produto, que até já sabem a senha quase desde que nasceram e passam-na de pais para filhos.  Na verdade isto de andar a trocar o dito de cidade em cidade é um truque para despistar as autoridades para não irem de cana. Ora "Ó tia dá bolinho!" mas que raio é isso? Está na cara que é tudo uma senha combinada para o tráfego de doçarias. A mim ninguém me engana! Essa é que é essa.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Comentários recentes

  • Mamã Gansa

    Tudo atividades convidativas, parece que a Cláudia...

  • Ricardo Correia

    Pois, acho que é uma situação comum a muita gente...

  • Mamã Gansa

    Gostava, mas ele também foge de mim

  • Mamã Gansa

    . Muito bom o texto, Ultimamente só conheço gente...

  • Ricardo Correia

    Pois a Beatriz não sai de trás do vidro. É quando ...