Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

É preciso um curso intensivo para escolher um champô!

Agosto 06, 2019

Ricardo Correia

Champô Kaseiro.jpg

Hoje passei pelo supermercado para comprar umas coisitas em falta, e entre uma delas que constava da lista, era champô. Até aqui nada de extraordinário! Quando chego ao corredor dos champôs, eis que dou comigo, com o olhar perdido a mirar o horizonte.

 

Naquele oceano de produtos infindáveis, de champôs, amaciadores, máscaras, tonificantes, e mais sei lá eu o quê. Bolas! Mas eu só quero mesmo é lavar o cabelo e, que este fique lavado e a cheirar bem. Tão simples quanto isso!

 

No meu tempo havia meia-dúzia deles e já era demais! A única coisa que precisávamos de saber era o tipo de cabelo. Se era seco, oleoso, ou normal. Também, lá no fundo, dependia dos dias. Era óbvio que o meu cabelo era seco nos dias em que não chovia. Dah! Essa era fácil de saber.

 

Era oleoso quando íamos almoçar ou jantar ao "McDonalds", e ficávamos na fila da caixa mais junto à fritadeira. Em que vinha aquele aroma maravilhoso, envolto em nuvem de algodão, ensopada em óleo a pairar por cima de nós.

 

Era cabelo normal, quando nos estávamos a borrifar para o que se passou no dia-a-dia, e íamos tomar banho a toque de ralhete maternal, "desanda já para a banheira que estás a cheirar a estrume num dia de primavera". Ora, deste modo, que remédio senão irmos nós. Sem vontade nenhuma e desconfiados, com o nariz de baixo do sovaco sem entender de onde vinha o bafo. Que de certeza que não era nosso!

 

Dou comigo a pensar. E olhem que isto é grave. Porque quando me ponho a pensar....

Será que na hora de lavar o cabelo, tenho que ter na banheira uma prateleira com uma carrada infinita de champôs? Sim, porque existe champôs para tudo e mais alguma coisa. Temos de perguntar ao cabelo:

 

- Cabelo meu. Como te estás a sentir hoje?

- Muito fraquinho - responde ele quase a desfalecer. 

- Ah! Então vamos usar o champô fortificante. Vais ficar forte como o Popey! De certeza que este champô é feito à base de espinafres. Até é verde e tudo...

 

- Cabelo meu. Estarás hoje mais porco do que eu?

- Não meu amo. Que isso é impossível.

- Ok! Mereci essa. Então que desejais tomar hoje?

- Hoje estou-me a sentir uma diva quase a chegar ao estrelato, por isso preciso de um pouco de brilho.

- Toma um champô feito à base de vitamina D e purpurinas estrelares, e um pouco de brilhantina. O meu cabelo hoje vai ser uma "drag-queen".

 

Dei por mim a ler os rótulos meio atónito.

Dizia um assim "Para cabelos danificados".  Mas estão a enganar quem? A mim não é de certeza. Se o cabelo já está danificado não tem remédio. Será que o champô vem com "super cola 3" ? E trás nano-robôs para irem colar as peças partidas? Hummm! Acho isto muito estranho.

 

Existe outro que diz "Detox Volume". Mais uma marosca. Porque toda a gente sabe que a dieta Detox é para reduzir o volume. Não é normal tirar o volume do corpo e ir pô-lo na cabeça. Vai a malta toda andar com um cabeção de metro e meio, nem passam nas portas. Tótós!

 

Ainda há outro champô para cabelo teimoso. Que é o dos caracóis. Dizem eles, que "transforma as ondas rebeldes em caracóis definidos". Isto é brutal para os surfistas. As ondas que não dão para surfar, porque são rebeldes, com este champô em contacto com o mar, é vê-lo a transformar-se e a fazer "super tubos" perfeitos. Excelente ideia.

 

Temos também um champô do Bob, o construtor, porque diz assim: "Champô reconstrutor que repara intensamente os comprimentos e pontas espigadas, nutrindo sem pesar." Lá está o Bob a entrar em ação e a reconstruir o cabelo do pessoal. Só não entendo esta do "sem pesar"! Será que é alguma boca ao pessoal das rastas? Que andam com cabelo de três meses e, a certa altura já pesa tanto que arrasta pelo chão? E esta frase de pontas espigadas? É na altura da apanha do milho? Anda tudo com os cabelos ao vento à procura da espiga?

 

Descobri um também para puritanas religiosas. Porque diz ele assim: "formulado sem silicone, combina os nutrientes [...] com água micelar para purificar e revitalizar o cabelo desde a raiz até às pontas". Em primeiro lugar vêm-se livres do silicone. Mostra bem, que é tudo ao natural não há cá incrementos desnecessários. Depois, purifica com água micelar. Que é basicamente água benta. Assim, podem perfeitamente pecar à noite e purificar-se de seguida com este champô, concebido por Deus.

 

E naqueles dias em que queremos somente um duche rápido, e não temos tempo para maraquices? 

O cabelo leva com um especial. É aquele três mil... em um.

Que lava, perfuma, nutre, protege, resguarda, ilumina, brilha, ataca a caspa à força toda, desembaraça, encaracola, seca, mete gel e penteia.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Comentários recentes

  • Anónimo

    Obrigado Mariana. Fico feliz por proporcionar mome...

  • mariana

    Li as primeiras cinco palavras e já me comecei a r...

  • Mamã Gansa

    Muito bom. Fartei-me de rir.

  • Ricardo Correia

    Por acaso não. É Carneiro ou Carneirona como costu...

  • mariana

    Meu Deus adorei a história (perdão fada, mas até ...