Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

3 em Linha

-Blog familiar é só entrar com boa disposição- 😉

A Mudança

Outubro 12, 2017

Ricardo Correia

manual-handling--movement-of-people-y0EI.jpg

Mudámos recentemente de casa. De um apartamento no 4º andar para um rés-do-chão. A tipologia é a mesma, a renda é que baixou 50€. 

A certa altura da mudança cansado de andar com a tralha às costas, tive uma ideia luminosa! Decidi enfiar o nosso colchão da cama de casal no elevador. E meti-o na horizontal, tão a ver a cena? Empurrei, empurrei, fiz força aqui e ali... e já está. Dobrei o colchão só um bocadinho...mais ao menos a meio. Pensei que não iria fazer mossa. Desci com elevador feliz da vida e contente com a minha proeza. Puxei o colchão pela lateral soltando-o da porta do elevador e este voltou ao sítio. A Claúdia ajudou-me a por o colchão no tejadilho da carrinha onde o prendi com uma corda e seguimos viagem. Chegados à casa nova, levamos o colchão para a cama, ficou perfeito não sendo o facto de ter ficado em U com as pontas levantadas. 

Cláudia - Que lindo serviço amor! Olha o que fizeste ao colchão! - Exclamou.

Ricardo - Vamos virá-lo ao contrário que já fica bom e vai ao sítio. - sugeri cheio de certezas.

Lá virámos o colchão ao contrário mas agora estava em lomba, espetáculo! 

Ricardo - Se a gente se deitar isto vai mesmo ao sítio. Vais ver. - disse eu convencido comigo mesmo.

Resultado, cada um rebolava para o seu lado, até estava perfeito se dormissemos de costas voltadas, zangados um com o outro que até nem era o caso. Voltámos a virar o colchão para cima em U, mal por mal, sempre rebolávamos para o meio e já dormiamos agarradinhos, ou espalmadinhos um contra o outro, como moscas espalmadas num pára-brisas. 

À umas noites para cá começamos a sentir umas coisas duras nas costas... eram as molas que tinha saido do sitio. E ao invés de estar em U ou em lomba estava aos Sss. Conclusão, vai comprar um colchão novo e é se queres dormir, meu grande animal irracional. Isto é o que faz a preguiça de não ter trazido o colchão pelas escadas abaixo!

Isto de andar de casa arrendada para casa arrendada é um sufoco! E parece que deu uma coisinha má na cabeça dos senhorios porque pedem de renda balurdios, sem justificação, e muitos devem pensar que têm palacetes, e a gente vai ver e afinal são jaulas à espera de ursos. Familias como a nossa de classe média é que procuram casa arrendada e como tal não procuram rendas caras, não sei se eles já se deram conta desse facto. A não ser que sejam como o nosso presidente, Marcelo, que apesar de ganhar bem não confia nos bancos e sabe que estes levam couro e cabelo por um empréstimo, e portanto também arrenda moradia, mas também dentro das suas posses, ele é qe tem juízo.

A nivel de apartamentos não temos tido muita sorte e temos mudado de casa praticamente todos os anos. Ou porque têm humidade até dizer chega, ou porque uma das casas de banho não funciona, estores partidos, torneiras a pingar, esse tipo de coisas,  e quando pedimos para ir arranjar existe um monte de desculpas, e nunca ninguém aparece e então ou arranjamos nós ou então a casa pode cair que ninguém liga.

Desta vez o apartamento até é bom o único senão é que apesar de estar mesmo no centro da cidade, não, não é uma vantagem, fazem do bairro parque de estacionamento para não pagarem parquimetros na zona das lojas, e em vez de ser um bairro é um Campus. Ou seja os moradores que ponham o carro no bolso porque a malta que vai trabalhar para o comércio ou ver as montras rouba-nos o lugar, e queremos ir para casa e não temos estacionamento. Fixe! E á noite recolhem os estudantes do politécnico e não temos nem estacionamento nem paz nem sossego. 

Por cima de nós os apartamentos estão arrendados a estudantes e a barulheira é frequente. No 5 de Outubro decidiram fazer uma "party"  e então eram 2h da manhã e uma algazarra infernal. Quando sairam para a rua já iam entornados até dizer chega. Mas o mais engraçado é que não era só por cima de nós, mas o bairro inteiro! Varandas e varandas de morcegos a cantar e a beber sem se preocuparem minimamente com os vizinhos. Boa rapaziada estão no bom caminho para a disciplina do civismo e respeito pelo próximo.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Comentários recentes

  • Isa Nascimento

    Gostei desta partilha! O bom humor ajuda a alivia...

  • Mamã Gansa

    Parabéns ao Xavier. Huum e comprrar umas velas nov...

  • mariana

    Muitos parabéns Beatriz!

  • Ricardo Correia

    Meu caro amigo "sabe tudo" de facto existe muita g...

  • José Duarte

    Nunca vi tanta ignorância junta. Deveria de pegar ...